Quatrocantos.com
Recife Rock!

Pesquisa em Quatrocantos.com


Lendas e folclore da Internet. As pulhas virtuais

Desvendando lendas, hoaxes e mitos da Internet desde 1999. Lendas urbanas, pulhas virtuais, boatos, desinformação, teorias conspiratórias, mentiras, vírus, cavalos de tróia, golpes e muitas outras coisas que vagam pela Internet.

Índice alfabético
Índice cronológico

Avise amigo/a:
581

Mais lendas

Identificação de pulhas
Lendas urbanas -1
Pulhas virtuais -1
Vírus de e-mail

Anedotas
Animais
Astros
Auto-ajuda
BBB com vírus
Cartas da Nigéria
Cavalos de tróia

Desastres
Dia Nacional
Drogas
Empresas
Falsos prêmios
Falsos vírus
Filhotes
Fotos & vídeos

Golpes
Golpe do emprego
(job scam)
Golpe do namoro
(romance scam)
Lendas & empresas
Lendas urbanas
Loterias fajutas

Marketing viral
Meias-verdades
Microondas
Nostradamus

Pequenos golpes, grandes pilantras
Política & desinformação
Pulhas virtuais
Receita Federal
Reenvio
Religiões

Saúde
Sobrenatural
Telefone celular
Teorias conspiratórias
Trojans & golpes
Verdades
Vídeos & fotos


Um peixe chamado panga: o Pangasius hypophthalmus.
Perigo para a saúde?

Hypophthalmus

O filé de peixe panga veio do Viet Nam para o Brasil e, logo ao chegar, foi amaldiçoado por mensagem sem origem definida nem autoria determinada. O mesmo texto circula em países que se viram ameaçados pelo Pangasius hypophthalmus.

Em todos os países onde o pangasius aportou a indústria pesqueira local se viu ameaçada diante do peixe que viaja alguns milhares de quilômetros e chega ao mercado consumidor por um preço altamente competitivo. Aqui no Brasil, por exemplo, enquanto a tilápia é vendida por até vinte reais o quilo, o panga pode ser encontrado por menos da metade.

Se é bom para o consumidor, é péssimo para a indústria pesqueira que logo reagiu.

O Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região diz em sua página: Audiência em Chapecó debate importação do filé de `panga´, que afeta piscicultura de SC. A audiência seria com a Comissão de Pesca e Aquicultura da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Na página da Assembléia, não existem informações sobre a audiência.

Pressões dos produtores levaram à suspensão da importação do peixe. É o que informava, em agosto de 2010, a Gazeta Catarinense: Ministério suspende importação do Panga. E acrescentava: "Os piscicultores de Santa Catarina questionam o fato de que, até hoje, nunca foi feito um estudo fitossanitário da produção do panga."

Hoje, novembro de 2011, a venda do pangasius encontra-se liberada. Certamente os estudos foram realizados e o bicho não era tão feio quanto se pintava.

Alguns comentários sobre a mensagem, de origem indeterminada, que surgiu em 2008.

Em um self-service, tive a curiosidade

Qual o nome da pessoa que teve a curiosidade? Em qual self-service? Qual a cidade?

 

levei para analise. Os filamentos, na verdade, eram vermes de até dois cm.

Quem levou e o que levou? Como levou a amostra de modo que ela não fosse contaminada durante o percurso? Qual o nome do laboratório que fez a análise? Quais os vermes encontrados?


a venda dos seus produtos no terceiro mundo afora - de quebra no Brasil.

O Pangasius hypophthalmus é vendido em diversos países do mundo. Na França é conhecido como poisson-Panga. Na Alemanha é Pangasius e as vendas despencaram depois de programa de TV que repetia mais ou menos a mesma coisa da mensagem. Espanhóis chamam-no de tra, panga ou bagre vietnamita.

No Canadá, é vendido como basa ou panga e nos Estados Unidos é conhecido como Tra, Sutchi Catfish e Swai.

Portanto, não é coisa metida goela abaixo do terceiro mundo.


ASAE - SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS AGRÔNOMOS

Essa entidade não existe. Não existindo, nada pode respaldar.


Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja" (desfolhante e cancerígeno).

Não foi o último: foi um dos primeiros recursos dos Estados Unidos na guerra que durou de 1959 a 1975, quando os norte-americanos foram derrotados pelo vietnamitas após praticamente destruírem todo o país.

"No período de 1961 a 1971, as tropas americanas espargiram 80 milhões de litros de herbicidas, que continham 400 quilogramas de dioxina sobre o território vietnamita, de acordo com estatísticas oficiais.

"Esses desfolhantes destruiram o habitat natural, deixaram 4,8 milhões de pessoas expostas ao agente laranja e provocaram enfermidades irreversíveis, sobretudo malformações congênitas, câncer e síndromes neurológicas em crianças, mulheres e homens do país." Wikipidia.

V. também

EXPECTATIONS OF THE AGENT ORANGE/DIOXIN
VICTIMS IN VIETNAM


Dreams and aspirations of some
Vietnamese AO victims


O panga cresce 4 vezes mais rápido do que na natureza...

É possível. A necessidade de sobrevivência fez com que o homem desenvolvesse tecnologias mais adequadas para garantir a alimentação. O grande avanço ocorreu há dez mil anos, na passagem do homem caçador-coletor, nômade, para o homem que cultiva a terra, seleciona sementes e cria animais.

Desde então, tem sido grande a preocupação com a quantidade e a qualidade da alimentação posta à disposição do homem, nas aldeias e pequenos aglomerados e nas cidades.

Frangos criados em cativeiro estão prontos para o abate em quarenta e dois dias após o nascimento e também recebem ração especial. As luzes dos galpões onde se criam os frangos permanecem acesas durante a noite: os frangos não dormem, se alimentam mais e crescem mais rapidamente.

Ao nascer, um pintinho pesa em torno de setenta gramas e quarenta e dois dias depois pode pesar até dois mil e quatrocentos gramas, tendo o seu peso aumentado mais de trinta vezes.



que conseguem com tremenda facilidade realizar farta e rentável "pescaria"

No Viet Nam, os peixes são criados em fazendas como as de camarão e de tilápia existentes no Brasil. Uma vez colocados em tanques, fica mais fácil alimentá-los da forma adequada e a pesca, ou despesca, se torna muito mais fácil. É a indústria da pesca e da aquicultura que no Brasil tem até ministério.


O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietname, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.

É verdade. Alguns países criaram impostos de importação de modo a reduzir a diferença entre o produto local e o importado.


Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias.

Análises realizadas tanto nos EUA como em países da Europa não detectaram os tais níveis de contaminação.


pangas são injetados com PEE

Ao pesquisar a expressão pee urine OU urina retornam apenas resultados que trazem a palavra pee significando isso mesmo: pee, fazer xixi em inglês.


Não há nada de natural nos Pangas - Eles são alimentados com restos de peixes mortos, ossos e de solo seco, transformados numa farinha, com mandioca e resíduos de soja e grãos.

Segundo a FAO - Food and Agriculture Organization of the United Nations, o Pangasius é onívoro, alimentando-se de algas, plantas superiores, zooplâncton e insetos. Os espécimes maiores também se alimentam de frutas, crustáceos e de outros peixes.


cientistas descobriram que se injetassem as fêmeas pangas com hormonios femininos derivados de desidratado de urina de mulheres grávidas, a fêmea Panga produziria os seus ovos muito rapidamente

Em MÉTODOS PARA OBTENÇÃO DE POPULAÇÃO... lê-se: "As características sexuais e o sexo gonadal em peixes podem ser modificados pelo tratamento das pós-larvas com hormônio..."

O uso de hormônio para estimular a desova é prática comum no setor de criação de peixes em cativeiro e a descoberta não é recente.

O tom alarmista - INFORMAÇÃO URGENTE!! PEIXE PANGA (NÃO COMA) - e a ausência de fontes credenciam a mensagem a pertencer ao rol das pulhas virtuais.

No final das contas, o que interessa mesmo é saber se o Pangasius hypophthalmus
está contaminado e se é impróprio para o consumo.

Para a DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, "O peixe panga, originário sobretudo do Vietname, está envolto em polémica. Não descobrimos problemas graves e continuamos atentos."

Segundo a Agri-Food & Veterinary Authority - AVA, de Cingapura (Singapura?), análises realizadas com filés de sutchi, como o panga é conhecido por lá, consideraram que ele é seguro para o consumo humano não existindo nenhum registro de doenças decorrentes do seu consumo.

O artigo CHEMICAL CHARACTERISTICS... publicado pelo ACTA - Scientiarum Polonorum Technologia Alimentaria conclui que

"As espécies de peixes recém-introduzidos no mercado polaco (o Oilfish, o bagre Africano, a perca do Nilo, e o peixe-gato pangasiid) são uma boa fonte de proteína. ... Os resultados sobre as substâncias indesejáveis nos peixes estudados (metais tóxicos, a histamina) revelam que seus níveis são baixos, mantendo-se abaixo do máximo permitido."

E aqui no Brasil?

A Nota Técnica Conjunta DIPOA/DSA num. 001/2010 do Ministério da Agricultura esclarece:

... o Brasil importa, até o momento, Pangasius proveniente unicamente do Vietnã, esclarecemos que trata-se de produto exportado e comercializado para países como Estados Unidos e União Européia, sem haver, até momento, comprovações de risco à sanidade animal.

Exemplo disso é o do governo da Nova Zelândia, conceituado país que realiza sólidas análises de risco em pescado, que publicou o documento “Import risk analysis: Frozen, skinless and boneless \ fllet meat of Pangasius spp. fish from Vietnam for human consumption" informando não haver identificado riscos para a importação desde que o peixe viesse congelado.

Vale lembrar que 'no caso especifico do Pangasius do Vietnã, o DIPOA realizou uma auditoria técnica, em novembro/dezembro de 2009 para verificar as condições de processamento deste produto, sendo auditadas seis empresas processadoras, uma fazenda de cultivo, uma unidade de inspeção regional e a sede da inspeção vietnamita, não identificando, do ponto de vista sanitário, nenhum risco ao consumidor.

O documento citado, Import risk analysis: Frozen, skinless, produzido pelo Biosecurity System do Ministry of Agriculture and Forestry (MAF) da Nova Zelândia conclui que

"A separação dos filés do resto da carcaça remove, efetivamente, a maioria dos organismos que podem estar presentes no animal vivo. O risco de ocorrência de elementos patógenos nos músculos tende a ser muitas vezes mais baixo do que os encontrados nas vísceras... Nenhum dos oito principais riscos potenciais foram identificados..."


Conclusão: a maior preocupação dos autores e disseminadores da mensagem é com o mercado e não com a saúde dos consumidores. Pressões realizadas pelos industriais da pesca destacam a diferença de preço entre a produção nacional e a importada. O risco maior encontra-se no modo de armazenamento dos filés nos revendedores, tal como ocorre com todos os produtos que exigem refrigeração. Qualquer alimento armazenado da forma incorreta pode provocar doenças.


Qu'est ce qu'un Panga ?


Os leitores comentam.

Mais.

Crearán fondo para promover ventas de panga (El gobierno [de Vietnam] espera que el fondo planeado ayude a consolidar el panga vietnamita en los mercados internacionales.)

Catfish by Any Other Name, A


CHEMICAL CHARACTERISTICS OF FISHES NEW TO THE POLISH MARKET

Conepe se reune com MDIC para cobrar suspensão de importação do panga do Vietnã


Cultured Aquatic Species Information Programme Pangasius hypophthalmus (Sauvage, 1878) (FAO)

Descobertas sobre reprodução viabilizam criação de peixes de água doce em cativeiro ([A professora Maria Inês Borella] ressalta que a liberação dos gametas pelas gônadas desses peixes quando em cativeiro precisa ser induzida com a injeção de hormônios.)

For pangasius, the squeeze is on
- Saigon-mekong.com. (04/11/2011. Na semana passada, foi anunciado que outros 53 exportadores vietnamitas de frutos do mar tiveram acesso ao mercado europeu. Com isso, são 379 empresas vietnamitas que atendem as condições exigidas de processamento e exportação para a União Europeia.)

Import risk analysis: Frozen, skinless and boneless fillet meat of Pangasius spp. fish from Vietnam for human consumption

MÉTODOS PARA OBTENÇÃO DE POPULAÇÃO
MONOSEXO NA PISCICULTURA


Monitoramento e Controle - Sanidade Pesqueira - Importação

Panga chega ao Brasil com jeito de quem veio para ficar (fevereiro de 2009)

Pangasius (Repete a mensagem em inglês e alemão.)

Peixe panga sem químicos (Não encontrámos metais pesados nem resíduos de medicamentos anti-infecciosos. Verificámos não haver problemas associados ao seu consumo. Porém, estamos atentos.)

Produção de pescado aumenta 25% nos últimos oito anos (O Nordeste ... é a maior região produtora de pescado do Brasil com 411 mil toneladas/ano, seguida da região Sul, com 316 mil/ano. ... Santa Catarina é o maior produtor entre os estados, com 207 mil toneladas/ano, seguida do Pará, com 136 mil toneladas...)

WWF’s film on pangasius (WWF apresentou na TV alemã programa denominado "A Mentira Pangasius" no qual ela mostra o peixe vitnamita como o pior dos alimentos.)

WWF’s hatchet job on pangasius - Pangafish.com (Sobre programa de TV alemã: "Cada código de ética da investigação verdadeira e honesta foi violado e o alvo é claro - matar a indústria do peixes com calúnias; eles não se preocupam com a verdade, mas esmagá-los [os trabalhadores da indústria] ".) (Tradução automática.)

WWF campaign against pangasius gathers pace


Mensagem original.

date Mon, Oct 17, 2011 at 9:15 PM
subject INFORMAÇÃO URGENTE ! PEIXE PANGA (NÃO COMA)

ESTÁ À VENDA NA REDE BOM PREÇO, G.BARBOSA, HIPER IDEAL, EXTRA...

Caros amigos

Em algumas oportunidades tive o desprazer de observar o malfadado peixe branco, sempre servido em self-services e/ou "à la carte." (Entre os restaurantes onde pode ser encontrado o "gourmet" o cliente faminto terá mais opção do se pensa em self-services)
Em um self-service, tive a curiosidade de ver melhor o peixe no meu prato. Ao abrir a posta do peixe notei que a massa estava impregnada de filamentos.
Encostei o prato, retirei guardanapo parte do peixe e levei para analise. Os filamentos, na verdade, eram vermes de até dois cm.

Filé de peixe panga Peixe gato
PANGA ou PEIXE-GATO

Procurei me informar, lá mesmo no caixa, da origem do peixe e fui informado que se tratava de peixe asiático.

Após análise da porção amostrada tirei minhas conclusões que são coincidentes com as informações prestadas:

- peixe asiático de água doce, proveniente de rios extremamente poluídos de excrementos, dejetos e toda sorte de poluição biológica, física e química devido, entre fatores diversos, à maciça ocupação de barcos que servem de vias e moradias que constituem aglomerados populacionais de pessoas carentes de serviços sanitários e salutares.

Peixe congelado

Esse ambiente condiciona por si só o desenvolvimento e procriação de víveres adaptados a esse habitat degenerativo. O nível de poluição dessas águas é tamanha magnitude que as próprias pessoas que, por lá convivem, têm nojo e repugnância dos víveres dessa água. Essas condições associadas viabilizam a proliferação exacerbada de peixes que ressalta aos olhos dos especuladores inescrupulosos que conseguem com tremenda facilidade realizar farta e rentável "pescaria" para a venda dos seus produtos no terceiro mundo afora - de quebra no Brasil.

CUIDADEO COM OS PRODUTOS SERVIDOS POR ESSES ESTABELECIMENTOS

SÓ ESTOU REPASSANDO, MAS É BOM TER CAUTELA!!!

ASAE - SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS AGRÔNOMOS

Peixe Panga - PERIGO para a SAÚDE PÚBLICA

Filé de peixe

Há pouco tempo descobri um novo peixe, aparentemente perfeito: filetes muito branquinhos, frescos ou congelados, sem espinhas e a bom preço no supermercado... claro que decidi experimentar...

A minha primeira impressão do sabor do peixe não foi a melhor, (embora fosse a única a encontrar algo estranho, pois é um sabor muito ténue...)

Hoje voltei a comer, e tal como da primeira vez que provei este peixe não melhorou a impressão do sabor...
Acabei de almoçar e pesquisei e encontrei o texto que envio abaixo.
NOTA - achei por bem enviar, porque muitos de vocês já terão provado e gostado... L

O Peixe Panga: a nova aberração da globalização

Peixe congelado

O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietname, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.

Eis o que deve saber sobre o Panga:

Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsénio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos poli clorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB)).

O rio Mekong é um dos rios mais poluídos do planeta. (Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja" (desfolhante e cancerígeno).

Não há nada de natural nos Pangas - Eles são alimentados com restos de peixes mortos, ossos e de solo seco, transformados numa farinha, com mandioca e resíduos de soja e grãos. Obviamente, este tipo de alimentação não tem nada a ver com a alimentação num ambiente natural.

Ela não faz do que assemelhar-se ao método de alimentação das vacas loucas (vacas que foram alimentadas com vacas, lembra-se?) A alimentação dos pangas está completamente desregulada.. O panga cresce 4 vezes mais rápido do que na natureza ...

Além disso os pangas são injetados com PEE (alguns cientistas descobriram que se injetassem as fêmeas pangas com hormonios femininos derivados de desidratado de urina de mulheres grávidas, a fêmea Panga produziria os seus ovos muito rapidamente e em grande quantidade, o que não aconteceria no ambiente natural (uma Panga passa a produzir assim aproximadamente 500.000 ovos de uma vez). Basicamente, são peixes com hormonios injetáveis (produzidos por uma empresa farmacêutica na China) para acelerar o processo de crescimento e reprodução. Isso não pode ser bom.

Ao comprar pangas estamos colaborando com empresas gigantes sem escrúpulos e gananciosas que não se preocupam com a saúde e o bem-estar dos seres humanos.

Este comercio está sendo aceito por países que os vendem ao público em geral, sabendo que estão vendendo produtos contaminadas.

Nota: devido à prodigiosa quantidade de disponibilidade de Pangas, este irá acabar em outros alimentos: surimi ( alimentos com pasta de peixe), peixe terrines e, provavelmente, em alguns alimentos para animais. ( cães e gatos!)

Diz-se que comer peixe é bom para a saúde, mas eu já começo a duvidar de tudo!!!!

File Peixes

 

Outra versão.

date Thu, Nov 3, 2011 at 12:05 PM
subject Informação de utilidade publica - PEIXE PANGA -cuidado!

Depois de importar lixo hospitalar dos EEUU: lençóis usados por veteranos de guerra no EUA viram roupa de cama em hotel de PERNAMBUCO.
Outra barbaridade com o povo brasileiro..daqui há pouco o povo brasileiro tá comendo merda congelada sem saber... Aqui aceita-se tudo... somos um país de 3o mundo mesmo !!!!!.

Os nossos Supermecados, estão importando da Ásia, graças a globalização.
Para nós comermos. É caso de polícia. Leiam e tirem as suas conclusões!!!

...


Mais uma.

date Tue, Oct 25, 2011 at 1:43 PM
subject Sobre peixe Panga

Peixe Panga - PERIGO para a SAÚDE PÚBLICA

Há pouco tempo descobri um novo peixe, aparentemente perfeito: filetes muito branquinhos, frescos ou congelados, sem espinhas e a bom preço no supermercado... claro que decidi experimentar...
A minha primeira impressão do sabor do peixe não foi a melhor, (embora fosse a única a encontrar algo estranho, pois é um sabor muito ténue...)
Hoje voltei a comer, e tal como da primeira vez que provei este peixe não melhorou a impressão do sabor...
Acabei de almoçar e pesquisei e encontrei o texto que envio abaixo.
NOTA - achei por bem enviar, porque muitos de vocês já terão provado e gostado... L

O Peixe Panga: a nova aberração da globalização


O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietname, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.

Eis o que deve saber sobre o Panga:

Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsénio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos poli clorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB)).

O rio Mekong é um dos rios mais poluídos do planeta.(Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja" (desfolhante e cancerígeno).

Ao comprar pangas estamos colaborando com empresas gigantes sem escrúpulos e gananciosas que não se preocupam com a saúde e o bem-estar dos seres humanos.

Este comercio está sendo aceito por países que os vendem ao público em geral, sabendo que estão vendendo produtos contaminadas.

 

Brabus

 



Mais animais.

- Café de cocô de elefante
- A incrível história de Mary Toft, a inglesa que paria coelhos
- Cachorro come cachorro vivo ao vivo no programa de Oprah Winfrey?
- Amaldiçoada por Alá?
- Tartarugas brasileiras são vendidas como chaveiro? Os chaveiros vivos da China
- Churrasco de cão, cachorro assado, ensopado de cachorro: uma preferência oriental?
- Um peixe chamado panga: o Pangasius hypophthalmus
- Dinamarca: vergonha mundial? A caça aos golfinhos calderon nas ilhas Feroé
- Orca: baleia assassina devora banhista
- Crocodilo engole tratador
- Criança de seis anos é retirada do estômago de cobra
- Baleia ataca veleiro na África do Sul
- Sucuri maligna instala programa maligno
- Coleta de ovos de tartaruga na Costa Rica
- Adoção de filhotes: variante do golpe dos nigerianos
- A sereia que veio com o tsunami
- Aracnofobia. Telamonia dimidiata, aranha no vaso sanitário
- Cobra coral em supermercado
- Piscinas com cobras
- Tatuí gigante, o mutante de Sorocaba
- Aberração humana, evolução canina ou cães aberrantes?
- Cães nascidos de gata atraem curiosos
- Ovo de barata na língua
- Ninhada de seis cães golden retriever vai ser sacrificada
- A renovação da águia
- Sucuri assassina engole pescador em Barra do Garças
- Salve o são bernardo: um abaixo-assinado inconsequente
- Bonsai Kitten
- As coisas da KFC - Kentucky Fried Chicken

03 de novembro de 2011



Siga pulhas virtuais no Twitter

Serviço
Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos
Netiqueta
Teclas de atalho do Mozilla

Dicas
Arquitetando
Coelhos e coelhinhos
Deixando Rastros
Guia do rock!
Refletindo


Se esta página contiver vídeos, você somente os verá se o seu navegador for o Chrome ou o Firefox.

 


Antispam   Arquitetura on-line   Barcos à venda   Bandeiras dos estados brasileiros   Brasões dos estados do Brasil   Campo Formoso Gem Show   Campo Formoso, terra de esmeraldas   Carnaval de Olinda   Jóias em prata   Imagens do Brasil   Lendas e folclore da Internet, as pulhas virtuais   Minerais   Pedras preciosas   Vídeos   Sisal   Home
Todos os Direitos Reservados. Copyright Gevilacio Aguiar Coelho de Moura © 1999 - 2014. Quatrocantos.com, Quatrocantos.net.br. Reprodução permitida desde que informado o endereço (URL) desta página. As lendas, os boatos, os falsos vírus, golpes e histórias semelhantes são aqui divulgados da forma como chegam às nossas caixas de correio e não somos responsáveis pelo seu conteúdo nem tampouco por eventuais consequências da divulgação ou do seu uso indevidos. Ajude a manter a Internet livre de spam, de boatos e de golpes: envie o URL desta página para quem enviou mensagem contendo a lenda aqui mencionada.