Quatrocantos.com
Recife Rock!
 
Pesquisa em Quatrocantos.com


Lendas e folclore da Internet. As pulhas virtuais

Desvendando lendas, hoaxes e mitos da Internet desde 1999. Lendas urbanas, pulhas virtuais, boatos, desinformação, teorias conspiratórias, mentiras, vírus, cavalos de tróia, golpes e muitas outras coisas que vagam pela Internet.

Índice alfabético
Índice cronológico

Avise amigo/a:
74

Mais lendas

Identificação de pulhas
Lendas urbanas -1
Pulhas virtuais -1
Vírus de e-mail

Anedotas
Animais
Astros
Auto-ajuda
BBB com vírus
Cartas da Nigéria
Cavalos de tróia

Desastres
Dia Nacional
Drogas
Empresas
Falsos prêmios
Falsos vírus
Filhotes
Fotos & vídeos

Golpes
Golpe do emprego
(job scam)
Golpe do namoro
(romance scam)
Lendas & empresas
Lendas urbanas
Loterias fajutas

Marketing viral
Meias-verdades
Microondas
Nostradamus

Pequenos golpes, grandes pilantras
Política & desinformação
Pulhas virtuais
Receita Federal
Reenvio
Religiões

Saúde
Sobrenatural
Telefone celular
Teorias conspiratórias
Trojans & golpes
Verdades
Vídeos & fotos

Celunar em posto de gasolina?

Acidentes com celulares durante o abastecimento de veículos

Lenda?
Meia-verdade?


A mensagem trata de acidentes ocasionados pelo uso de telefones celulares em postos de gasolina. Diz que a Shell teria divulgado alertas mencionando acidentes.

Numa apreciação preliminar, verificam-se alguns pontos que tornam a mensagem bastante suspeita e forte candidata a figurar no rol das lendas.

1. Referência a uma empresa de grande de porte tentando, com isso, dar credibilidade aos fatos descritos.

2. Ausência de dados precisos sobre datas e locais onde teriam ocorrido os supostos acidentes.

3. A afirmação de que "...aparelhos celulares se incendiaram... " durante o abastecimento é imprecisa, pois, mesmo que ocorra uma fagulha nele, o incêndio não ocorreria no aparelho e ele queimaria depois de exposto às chamas.

4. A afirmação de que "... aparelhos celulares se incendiaram durante uma conversação ..." é pouco digna de crédito pelas razões expostas acima.

5. O texto mistura fatos reais (recomendações de segurança) com supostas ocorrências de acidentes.

Consultada sobre o assunto, a Shell informou o seguinte:

Prezado Sr. Gevilacio,

Em resposta a seu e-mail, esclarecemos que nenhum dos incidentes citados ocorreu em instalações e nem foi veiculado pela Shell. Entretanto, com relação aos perigos e cuidados com telefones celulares em postos de serviço segue a informação abaixo:

- A área de abastecimento de veículos em um posto de gasolina é uma área de risco, dado que durante o abastecimento são liberados gases inflamáveis pela abertura do bocal do veiculo, causados pela passagem do combustível do bico da bomba para o tanque do automóvel.

- Estas áreas deixam de ser perigosas, a partir de 5 metros de distancia da cobertura da pista.

- Estes gases são mais pesados que o ar, assim, ao serem liberados, terão a tendência de permanecer entre uma altura pouco acima do bocal e o solo, até se dissiparem.

- Estes gases, desde que tenham uma mistura adequada com o ar, poderão se inflamar expostos a uma fonte de ignição (calor, faíscas elétricas ou chama).

- Os celulares, embora tenham melhorado na qualidade de construção e de encaixes da caixa com a bateria, não são adequados para uso nestas áreas, uma vez que existem frestas na caixa do aparelho, que podem possibilitar contato de alguma centelha interna com a atmosfera externa. A razão disto é que qualquer faísca que os contatos elétricos do aparelho possam gerar poderá inflamar a mistura mencionada acima que possa existir no momento da liberação.

- Celulares em postos de serviço NUNCA poderão ser utilizados na área embaixo da cobertura onde existem as bombas de abastecimento. Caso haja extrema necessidade de utilização de celulares em postos, estes deverão ser utilizados dentro das lojas de conveniência ou a, no mínimo, 5 metros distante do limite da cobertura e da área de descarga de produto onde existem os bocais de tanques (tampas redondas) no solo, para recebimento de combustível pelo posto.

- No manual de aparelhos celulares consta o alerta de não utilização durante o abastecimento de automóveis.

- Nos nossos postos, constam avisos de não utilização fixados nas pilastras da cobertura.

Agradecemos sua visita ao nosso site.

Shell Brasil Ltda.

Diante da nova versão surgida em julho de 2004, a Shell informa em sua página:

O Grupo Shell (nível mundial) não tem informação de qualquer acidente grave provocado pelo uso de telefones celulares em suas instalações. Portanto, o e-mail que está circulando na internet como se fosse um alerta da empresa é falso e não é de autoria do Grupo Shell.

A Nokia, fabricante de telefones celulares, nega a ocorrências de tais acidentes.

A Motorola, por sua vez, apresenta o documento intitulado Uso de telefones celulares e de rádios portáteis em postos de gasolina (julho de 2003) afirmando não existirem registros da ocorrência de acidentes conforme descrito na mensagem. E acrescenta: "os automóveis (que possuem numerosas fontes potenciais de ignição) proporcionam um risco muito maior de acidente". Mais em Uso de celulares e rádios portáteis em postos de gasolina.

Estudos realizados pela Universidade de Oklahoma não confirmam a existência do risco de explosão:

1. Tais avisos [de risco potencial] surgiram, aparentemente, a partir das precauções contidas nos manuais de fabricantes de telefones celulares alertando para evitar o seu uso em áreas com 'atmosfera potencialmente explosiva', tal como um posto de gasolina. No entanto, esse alerta surgiu a propósito de uma norma emitida no Reino Unido numa época em que os telefones celulares possuíam potência de até 20 Watts enquanto hoje a potência mais comum é de 0,6 Watts.

2. Para concluir, as pesquisas realizadas não produziram nenhuma evidência que sugira existir o risco real de um telefone celular produzir acidentes em postos de gasolina. Na verdade, jamais foi confirmada, em todo o mundo, a ocorrência de um acidente diretamente associado ao uso de telefone celular.

3. Apesar de ser teoricamente possível que uma faísca originada de uma bateria de telefone celular possa produzir ignição em um vapor de gás sob condições bem definidas, as evidências históricas não indicam a necessidade de novas pesquisas sobre o assunto.

Mais em Investigation of the Potential for Wireless Phones to Cause Explosions at Gas Stations

 

O Petroleum Equipment Institute - PEI em sua página Stop Static informa:

O PEI jamais documentou um único acidente, associado ao uso de telefones celulares, durante o abastecimento de veículos.

 

Nessa mesma página do PEI existem três recomendações de segurança a serem seguidas durante o abastecimento de veículos:

* Desligue o motor do carro.

* Não fume.

* Não abra a porta do carro.

(O texto diz para não retornar ao veículo - Never Re-enter Your Vehicle, mas você não vai deixá-lo no posto, vai? :)) O alerta é para evitar a aparição de uma faísca, provocada por eletricidade estática, no momento em que se toca no carro. Os vapores existentes no local e o surgimento de uma faísca podem provocar explosão.)

M mensagem semelhante circula nos Estados Unidos desde 1999 e é a origem da versão brasileira.. (Veja The New 'Boom' in Cell Phones.)

Em meados de 2004, surgiu vídeo mostrando princípio de incêndio num posto de gasolina. O vídeo se intitula La gasolinera, sugerindo que o fato teria ocorrido em país de língua espanhola.

La gasolinería y la electricidad estática.

Nesse vídeo, o fogo surge no momento em que a mulher sai do carro e toca no bico da mangueira. O incêndio é conseqüência de faísca decorrente de eletricidade estática. Nada a ver com telefone celular.

Acidente semelhante ocorreu nos EUA no dia 18 de janeiro de 2012.


 

No entanto...

Dia 19 de novembro de 2007, 02:30 h, cidade de São Paulo, mais precisamente, posto de gasolina localizado na esquina das ruas Lisboa e Arthur de Azevedo (bairro de Pinheiros): ocorreu incêndio no momento em que caminhão tanque abastecia uma das bombas.

"Segundo os bombeiros, a explosão foi provocada pelo acúmulo de vapor do combustível acumulado no teto do posto. Peritos devem investigar de onde partiu a faísca que originou o acidente."

 

Enquanto o jornal G1 - Edição São Paulo não especificava as causas do acidente, o jornal ZeroHora.com afirmava em sua edição do dia seguinte:

"Celular pode ter causado explosão. Posto de combustíveis pegou fogo durante abastecimento.
...
"O acidente, segundo testemunhas, ocorreu quando o funcionário do posto atendeu o celular durante o descarregamento de combustível."

No dia 23 de novembro (2007), a notícia:

"Morre frentista do posto que explodiu em Pinheiros.
...
"Alguns companheiros do frentista no trabalho afirmam que o acidente ocorreu logo após Santos, que estava em cima de um caminhão ajudando a abastecer os tanques do posto, abrir um celular. A hipótese é que neste momento alguma faísca possa ter saído do celular e provocado a explosão."

A hipótese é que... Por via das dúvidas, não use telefone celular em posto de gasolina. É mais seguro.

Veja o filme registrado por câmara de segurança do posto:



Em março de 2006,

"O celular de uma estudante de Araras, no interior de São Paulo, explodiu dentro do bolso da calça. A menina de 14 anos estava em um show e teve uma queimadura de segundo grau na perna."

Mais em Celular de estudante explode no bolso da calça

 

Conclusão: como alerta Lúcio W., um dos nossos colaboradores: "cautela e caldo de galinha jamais fizeram mal a ninguém". Portanto, evite usar o celular em postos de gasolina e em lugares onde haja a possibilidade de existirem substâncias inflamáveis.

Os leitores comentam.

 

Mais sobre telefones celulares e gasolina:

Cell-Phone Fires: A Lot of Static

Estudo explica porque celular em posto é proibido

Exxon warns dealers of cell phone risks

Nokia Denies 8 Myths About Mobile Phones (January 19, 2012)

O boato que virou lei (em São Paulo, a maior cidade do país :)

Quais os riscos do uso do celular?

The New 'Boom' in Cell Phones

Mensagem original.

Sent: Monday, June 10, 2002 9:18 PM

Subject: UTILIDADE PÚBLICA

Prezados amigos,

Não custa nada prevenir.

Um grande abraço,

ASSUNTO: ACIDENTES COM CELULARES DURANTE ABASTECIMENTO DE VEÍCULOS

RESUMO DOS ACIDENTES

A Shell lançou um alerta sobre telefones celulares, através do qual relatou três acidentes recentemente ocorridos durante o abastecimento de veículos, onde os aparelhos celulares se incendiaram durante uma conversação / toque de chamada.

No primeiro caso o telefone estava sobre a tampa do porta malas durante o abastecimento e quando tocou ocorreu a inflamação pelo contato com o vapor da gasolina, provocando a destruição do carro e da bomba de combustível.

No segundo caso, o indivíduo sofreu queimaduras na face quando o aparelho pegou fogo enquanto ele atendia uma chamada.

Na terceira situação, o indivíduo sofreu queimaduras na coxa e virilha quando o aparelho, que estava em seu bolso, incendiou após ter tocado, durante o abastecimento.

INFORMAÇÃO PRINCIPAL: É um engano pensar que os telefones celulares não se inflamam em contato com combustível ou vapor de gasolina.

FATO IDENTIFICADO (De acordo com análises feitas): É um engano pensar que os telefones celulares não se inflamam em contato com combustível ou vapor de gasolina. É verdade que os aparelhos celulares mais modernos (que acendem quando as teclas ou campainha são acionadas) descarregam energia suficiente para provocar uma descarga elétrica.

PRECAUÇÕES: Não utilizar aparelhos celulares durante o abastecimento. Desligue os aparelhos celulares antes de descer do seu veículo quando parar para abastecer.

Atenciosamente,


Versão de julho de 2004.

Pronunciamento da Shell Oil Co.

Recentemente, após três incidentes nos quais telefones celulares inflamaram gases durante operações de enchimento de tanques de gasolina, a Shell Oil Company emitiu a seguinte advertência:

No primeiro incidente, o telefone havia sido colocado sobre o capô traseiro do carro durante o abastecimento; o telefone tocou, e em seguida, um incêndio destruiu o carro e a bomba de gasolina.

No segundo, uma pessoa sofreu sérias queimaduras da face quando gases se incendiaram conforme respondia uma chamada celular enquanto abasteciam seu carro.

E, no terceiro, um individuo teve seu quadril e virilha queimados conforme gases se incendiaram quando seu celular, que se encontrava em seu bolso, tocou enquanto estava abastecendo o carro.

É muito importante você saber que:

- Telefones celulares podem incendiar combustíveis ou gases - Telefones celulares, que se acendem ao serem ligados ou quando tocam, liberam força suficiente para gerar energia capaz de provocar uma faísca capaz de iniciar um incêndio

- Telefones celulares não devem ser utilizados em postos de gasolina, ou quando estiver abastecendo cortadores de grama, barcos!, etc...

- Telefones celulares não devem ser utilizados, ou melhor, devem ser desligados, quando houver por perto outros materiais que possam gerar gases inflamáveis ou explosivos ou poeira gasosa (i.e. solventes, elementos químicos, gases, poeira de grãos, etc.)

Em suma, aqui vão as:

Quatro Regras para o Abastecimento Seguro

1) Desligue o Motor

2) Não Fume

3) Não use seu telefone celular - deixe-o dentro do veículo ou desligue-o

4) Não retorne ao seu veículo durante o abastecimento

O Senhor Bob Renkes, do Petroleum Equipment Institute, está engajado em uma campanha que intenciona informar as pessoas quanto ao risco de incêndios resultantes da "eletricidade estática" em postos de gasolina. Sua empresa, já investigou 150 casos desse tipo de incêndio.

Os resultados foram surpreendentes:

1) Em 150 incidentes, quase todos envolveram mulheres.

2) Quase todos incidentes ocorreram quando uma pessoa reentrava seu veículo enquanto o bocal da bomba ainda estava bombeando gasolina. Depois de concluído o abastecimento, essa pessoa retornou para retirar o bocal e o incêndio foi iniciado por causa da estática.

3) A maioria dessas pessoas usava sapatos com solas de borracha.

4) A maioria dos homens nunca entra de novo em seu veículo até que o abastecimento tenha sido completamente terminado. Essa é a razão porque os homens raramente estão envolvidos nesse tipo de incêndio.

5) Nunca use telefones celulares enquanto estiver abastecendo seu veículo.

6) São os vapores emitidos pela gasolina que causam incêndios, quando submetidos a cargas estáticas.

7) Houve 29 incêndios em que o(a) motorista entrou de novo no veículo e o bocal foi tocado durante o abastecimento, isso tendo ocorrido em uma grande variedade de marcas e modelos. Alguns desses casos resultaram em danos significativos pra o veículo, para o posto de gasolina, e para o consumidor.

8) Dezessete incêndios ocorreram antes, durante ou imediatamente após a tampa do tanque ter sido removida e antes que o abastecimento tenha sido iniciado.

O Sr. Renkes enfatiza a instrução de NUNCA entrar de novo em seu veículo durante o abastecimento. No caso de haver uma necessidade absoluta de retornar ao seu veículo durante o abastecimento, nunca se esqueça de, após fechar a porta, TOCAR EM UM METAL, antes de retirar o bocal da bomba. Através desse gesto simples, você estará se descarregando da eletricidade estática antes de remover o bocal.

 

Versão de outubro de 2011.

date Fri, Oct 21, 2011 at 9:56 AM
subject Pronunciamento da Shell - MUITO IMPORTANTE

ATENÇÃO
Solicito a você que, por favor, envie essa informação para TODA sua família e amigos, especialmente aqueles que transportam crianças em seus carros enquanto enchem o tanque do seu veículo de gasolina. Se isso ocorrer, talvez eles não sejam capazes de tirar as crianças do carro em tempo de salvá-las.
Pronunciamento da Shell ( Importante que se saiba!)
Recentemente, após três incidentes nos quais telefones celulares inflamaram gases durante operações de enchimento de tanques de gasolina, a Shell Oil Company emitiu a seguinte advertência:
No primeiro incidente, o telefone havia sido colocado sobre o capô traseiro do carro durante o abastecimento; o telefone tocou e, em seguida, um incêndio destruiu o carro e a bomba de gasolina.
No segundo, uma pessoa sofreu sérias queimaduras da face quando gases se incendiaram conforme respondia uma chamada celular enquanto abasteciam seu carro.
E, no terceiro, um individuo teve seu quadril e virilha queimados conforme gases se incendiaram quando seu celular, que se encontrava em seu bolso, tocou enquanto estava abastecendo o carro.
É muito importante você saber que:
- Telefones celulares podem incendiar combustíveis ou gases
- Telefones celulares, que se acendem ao serem ligados ou quando tocam, liberam força suficiente para gerar energia capaz de provocar uma faísca capaz de iniciar um incêndio
- Telefones celulares não devem ser utilizados em postos de gasolina, ou quando estiver abastecendo cortadores de grama, barcos!, etc...
- Telefones celulares não devem ser utilizados, ou melhor, devem ser desligados, quando houver por perto outros materiais que possam gerar gases inflamáveis ou explosivos ou poeira gasosa (i.e. solventes, elementos químicos, gases, poeira de grãos, etc.)
Em suma, aqui vão as Quatro Regras para o Abastecimento Seguro:
1) Desligue o Motor
2) Não Fume
3) Não use seu telefone celular - deixe-o dentro do veículo ou desligue-o
4) Não retorne ao seu veículo durante o abastecimento

O Senhor Bob Renkes, do Petroleum Equipment Institute, está engajado em uma campanha que intenciona informar as pessoas quanto ao risco de incêndios resultantes da "eletricidade estática" em postos de gasolina. Sua empresa, já investigou 150 casos desse tipo de incêndio. Os resultados foram surpreendentes:
1) Em 150 incidentes, quase todos envolveram mulheres.
2) Quase todos incidentes ocorreram quando uma pessoa reentrava seu veículo enquanto o bocal da bomba ainda estava bombeando gasolina. Depois de concluído o abastecimento, essa pessoa retornou para retirar o bocal e o incêndio foi iniciado por causa da estática.
3) A maioria dessas pessoas usava sapatos com solas de borracha.
4) A maioria dos homens nunca entra de novo em seu veículo até que o abastecimento tenha sido completamente terminado. Essa é a razão porque os homens raramente estão envolvidos nesse tipo de incêndio.
5) Nunca use telefones celulares enquanto estiver abastecendo seu veículo.
6) São os vapores emitidos pela gasolina que causam incêndios, quando submetidos a cargas estáticas.
7) Houve 29 incêndios em que o(a) motorista entrou de novo no veículo e o bocal foi tocado durante o abastecimento, isso tendo ocorrido em uma grande variedade de marcas e modelos. Alguns desses casos resultaram em danos significativos pra o veículo, para o posto de gasolina, e para o consumidor.
8) Dezessete incêndios ocorreram antes, durante ou imediatamente após a tampa do tanque ter sido removida e antes que o abastecimento tenha sido iniciado.
O Sr. Renkes enfatiza a instrução de NUNCA entrar de novo em seu veículo durante o abastecimento. No caso de haver uma necessidade absoluta de retornar ao seu veículo durante o abastecimento, nunca se esqueça de, após fechar a porta, TOCAR EM UM METAL, antes de retirar o bocal da bomba. Através desse gesto simples, você estará se descarregando da eletricidade estática antes de remover o bocal.

Como mencionado acima, o Petroleum Equipment Institute, junto com muitas outras companhias, está realmente tentando conscientizar a todos quanto a esse perigo. Você poderá obter maiores esclarecimentos acessando

http://www.pei.org/

Uma vez conectado, clique no centro da tela onde está escrito "Stop Static".

 

Vírus nacionais
Assalto na marginal


Siga pulhas virtuais no Twitter

Serviço
Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos
Netiqueta
Teclas de atalho do Mozilla


Dicas
Arquitetando
Coelhos e coelhinhos
Deixando Rastros
Guia do rock!
Refletindo

Antispam   Arquitetura on-line   Barcos à venda   Bandeiras dos estados brasileiros   Brasões dos estados do Brasil   Campo Formoso Gem Show   Campo Formoso, terra de esmeraldas   Carnaval de Olinda   Jóias em prata   Imagens do Brasil   Lendas e folclore da Internet, as pulhas virtuais   Minerais   Pedras preciosas   Vídeos   Sisal   Home
Todos os Direitos Reservados. Copyright Gevilacio Aguiar Coelho de Moura © 1999 - 2015. Quatrocantos.com, Quatrocantos.net.br. Reprodução permitida desde que informado o endereço (URL) desta página. As lendas, os boatos, os falsos vírus, golpes e histórias semelhantes são aqui divulgados da forma como chegam às nossas caixas de correio e não somos responsáveis pelo seu conteúdo nem tampouco por eventuais consequências da divulgação ou do seu uso indevido. Ajude a manter a Internet livre de spam, de boatos e de golpes: envie o URL desta página para quem enviou mensagem contendo a lenda aqui mencionada.