Quatrocantos.com
Recife Rock!

Pesquisa em Quatrocantos.com


Lendas e folclore da Internet. As pulhas virtuais

Desvendando lendas, hoaxes e mitos da Internet desde 1999. Lendas urbanas, pulhas virtuais, boatos, desinformação, teorias conspiratórias, mentiras, vírus, cavalos de tróia, golpes e muitas outras coisas que vagam pela Internet.

Índice alfabético
Índice cronológico

Avise amigo/a:

Mais lendas

Identificação de pulhas
Lendas urbanas -1
Pulhas virtuais -1
Vírus de e-mail

Anedotas
Animais
Astros
Auto-ajuda
BBB com vírus
Cartas da Nigéria
Cavalos de tróia

Desastres
Dia Nacional
Drogas
Empresas
Falsos prêmios
Falsos vírus
Filhotes
Fotos & vídeos

Golpes
Golpe do emprego
(job scam)
Golpe do namoro
(romance scam)
Lendas & empresas
Lendas urbanas
Loterias fajutas

Marketing viral
Meias-verdades
Microondas
Nostradamus

Pequenos golpes, grandes pilantras
Política & desinformação
Pulhas virtuais
Receita Federal
Reenvio
Religiões

Saúde
Sobrenatural
Telefone celular
Teorias conspiratórias
Trojans & golpes
Verdades
Vídeos & fotos


Os leitores comentam

Assalto em cinema do shopping


Sent: Monday, July 19, 2004 5:33 PM
Subject: Lendas dos assaltos nos shoppings..

Sou de Floripa e frequentadora assídua dos shopping e também dos cinemas.

Como já foi mencionado diversas vezes, ninguém consegue entrar após sair do cinema: se uma pessoa já é difícil imaginem 7..

Qto ao carro sem comentários.. só pode ser aquele fusquinha de circo onde colocam os elefantes.. (só acontece em desenho animado) .. qta imaginação estão tendo esses assaltantes...

A namorada dele estava chorando e ninguém viu??? pow se ao abrir um pacote de salgadinho tds já olham atravessado pra vc, imagine alguém chorando e o filme nem começou.. tsc tsc ..

E outra: o assaltante ao falar do assalto foi em sinais???? só pode.. pq ninguém viu.. é alias ninguém viu nada né.. em um cinema lotado..

Os caras eram bons mesmo.. compraram 6 pares de tênis.. num comércio que para vc utilizar o cartão de crédito em uma compra pqna vc precisa dizer que calcinha costuma usar.. e para um bando não perguntaram nada.. e eles escolheram, compraram tênis.. sem ninguém desconfiar.. e numa rapidez, neh..

Q povinho sem gosto.. otário foi vc q foi assaltado que pagou meia entrada para ir ao cinema e foi cheio de jóias e com cartao de crédito.. tsc tsc ...

vejo cada coisa mexmo..

tax tolo é..

Ka...


Sent: Monday, December 08, 2003 7:45 PM
Subject: Assalto no Shopping

Duas coisas chamam a atenção, além das que já foram ditas:

1) ninguém compra seis pares de tênis numa mesma loja sem chamar a atenção. Os marginais não correriam este risco, sendo muito mais seguro comprar em lojas distintas.

2) Raramente as vítimas de seqüestros-relâmpagos são "libertadas" - ou são amarradas ou assassinadas. Muito menos no "meio de um matagal", já que os próprios bandidos demorariam para sair do tal matagal e poderiam ser denunciados pelas vítimas "libertadas"

Clayton - Floripa


Sent: Thursday, December 04, 2003 11:52 AM
Subject: Hoax a respeito do assalto no shopping.

Eu li há uns tempos atrás o E-Mail, e concordo que o risco é real, mas o E-Mail demonstra uma certa incoerência.

Que tipo de ladrão que seleciona a quantidade de pares de tênis a serem comprados? Existem tênis com valores acima de 200 reais, e eu acho que seria o selecionado pelos assaltantes, não? Sendo assim, não seria possível comprar 6 pares, já que só se é possível fazer o saque de 600 reais no máximo...

Como ele voltou para o cinema? Com todos os assaltantes? Todos voltaram pro cinema segurando caixas de sapatos e sacolas, ou com os sapatos dentro das jaquetas? Se fizeram isso, onde jogaram as caixas dos sapatos? Levaram da loja sem caixa já? Seria estranho, não?

De qualquer forma, um bando de gente sai do cinema no começo do filme, volta (se fosse possível), depois o mesmo grupo sai de novo, sem ninguém desconfiar de nada.

Depois no estacionamento (nem há necessidade de comentar novamente a respeito da quantidade de pessoas dentro do carro), o bando de gente enfiado dentro do carro ficou dando voltas e voltas aonde?

E eles terminaram roubando celulares, relógios e jóias. Bem feito. Quem mandou andar com jóias. Num Shopping ainda, pra ver Procurando Nemo. Se fosse um jantar social cheio de gente rica, até poderíamos dar um desconto.

O meio do matagal onde foram libertados, onde era? O rapaz dirigiu, ou os assaltantes dirigiram?

Acharam o carro batido e sem som depois. No nada, flutuando no ar, certo? Em que lugar?

Se eu vir um grupo de pessoas de boné e óculos escuros eu saio correndo. Ainda mais pq dentro de um Shopping é muito claro, então, precisamos usar óculos escuros, e bandido que é bandido, faz de tudo para ser reconhecido como bandido igualzinho nos filmes.

Desculpem o sarcasmo.

Ankyan.


Sent: Wednesday, October 08, 2003 4:54 AM
Subject: Verdadeiro ou não?

Não acredito que os shoppings responderiam com um "sim" à pergunta se esse tipo de modalidade de assalto tivesse ocorrido realmente.

Me contaram que no shopping Eldorado (São Paulo) uma mulher acionou o alarme do carro, aqueles alarmes que abrem a porta, de longe, e um ladrão entrou no carro e ficou escondido até a mulher chegar, realizando então um seqüestro relâmpago.

Difícil de acreditar? Muito difícil, pois o ladrão teria que estar esperando alguém fazer isso, e mais, não ser visto pelo motorista quando se escondesse no banco de trás. Porém a pessoa que me contou isso trabalhava no shopping.

Mas o que quero dizer com isso é que acredito eu que os shoppings dificilmente sairiam respondendo a e-mails, dizendo que o fato fosse real. Façam um teste, procurando saber algo que realmente ocorreu e perguntem a administração de um shopping se era verdadeiro ou não. Seria algo interessante de saber, mesmo se eles respondessem com um sim.

Dorian


Sent: Tuesday, September 23, 2003 11:30
PM Subject: FW:En:CUIDADO!

Prezado Gevilacio,

Segue em anexo outro hoax para seu acervo - nova modalidade de assalto em shopping.

O texto, logo de início, suscita as seguintes questões:

Pelo que foi narrado, o rapaz saiu do cinema com o ladrão, fez as compras, voltou para o cinema e ficou esperando a namorada. Mas em cinema de shopping não dá para voltar e entrar na sessão de novo.

Ou eles ficaram no saguão do cinema, que é um lugar exposto, movimentado e cheio de funcionários e seguranças? Não seria mais fácil e mais seguro para os ladrões ficarem esperando no carro? (geralmente estacionamento de shopping é mais perigoso, é onde já aconteceu de as pessoas serem abordadas)

Em que shopping aconteceu isso? Foi em São Paulo ou em outro estado?

Quantos ladrões entraram no carro com o casal? Se era uma gangue de sete pessoas, o carro devia ser bem grande, para acomodar nove pessoas... ou será que eles trancaram alguém no porta malas?

Segundo minhas pesquisas, a origem do hoax é Florianópolis.

Encontrei a notícia reproduzida em dois sites - aliás, sites jornalísticos! - contando a estória como tendo ocorrido no shopping Beiramar, naquela capital.

Bom, aí fica mesmo difícil acreditar. Cinco assaltos seguidos, do mesmo jeito, em Florianópolis - ainda se fosse em São Paulo, vá lá...

Um abraço,

Ivany

{retorna}



Siga pulhas virtuais no Twitter

Serviço
Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos
Netiqueta
Teclas de atalho do Mozilla

Dicas
Arquitetando
Coelhos e coelhinhos
Deixando Rastros
Guia do rock!
Refletindo


 

Antispam   Arquitetura on-line   Barcos à venda   Bandeiras dos estados brasileiros   Brasões dos estados do Brasil   Campo Formoso Gem Show   Campo Formoso, terra de esmeraldas   Carnaval de Olinda   Jóias em prata   Imagens do Brasil   Lendas e folclore da Internet, as pulhas virtuais   Minerais   Pedras preciosas   Vídeos   Sisal   Home
Todos os Direitos Reservados. Copyright Gevilacio Aguiar Coelho de Moura © 1999 - 2014. Quatrocantos.com, Quatrocantos.net.br. Reprodução permitida desde que informado o endereço (URL) desta página. As lendas, os boatos, os falsos vírus, golpes e histórias semelhantes são aqui divulgados da forma como chegam às nossas caixas de correio e não somos responsáveis pelo seu conteúdo nem tampouco por eventuais consequências da divulgação ou do seu uso indevidos. Ajude a manter a Internet livre de spam, de boatos e de golpes: envie o URL desta página para quem enviou mensagem contendo a lenda aqui mencionada.