Quatrocantos.com
Recife Rock!

Pesquisa em Quatrocantos.com


Lendas e folclore da Internet. As pulhas virtuais

Desvendando lendas, hoaxes e mitos da Internet desde 1999. Lendas urbanas, pulhas virtuais, boatos, desinformação, teorias conspiratórias, mentiras, vírus, cavalos de tróia, golpes e muitas outras coisas que vagam pela Internet.

Índice alfabético
Índice cronológico

Avise amigo/a:
26

Mais lendas

Identificação de pulhas
Lendas urbanas -1
Pulhas virtuais -1
Vírus de e-mail

Anedotas
Animais
Astros
Auto-ajuda
BBB com vírus
Cartas da Nigéria
Cavalos de tróia

Desastres
Dia Nacional
Drogas
Empresas
Falsos prêmios
Falsos vírus
Filhotes
Fotos & vídeos

Golpes
Golpe do emprego
(job scam)
Golpe do namoro
(romance scam)
Lendas & empresas
Lendas urbanas
Loterias fajutas

Marketing viral
Meias-verdades
Microondas
Nostradamus

Pequenos golpes, grandes pilantras
Política & desinformação
Pulhas virtuais
Receita Federal
Reenvio
Religiões

Saúde
Sobrenatural
Telefone celular
Teorias conspiratórias
Trojans & golpes
Verdades
Vídeos & fotos


Lenda (!?)

Os perigos do Aspartame

Essa mensagem sobre os perigos do Aspartame é uma das mais difundidas na Internet. É a que possui o maior número de páginas na web e a que envolve mais interesses comerciais desde os da própria Monsanto e NutraSweet aos dos fabricantes de produtos naturais ou alternativos e, até mesmo, aos interesses de produtores de fitas de vídeo sobre o assunto.

Ao pesquisar a palavra aspartame no Google.com surgiram 106.000 documentos (agosto de 2002). Em outubro de 2010 retornam 'Aproximadamente 6.060.000 resultados'.

Além da página Aspartame.org, entre os primeiros resultados aparecem os seguintes títulos (agosto de 2012):


Outubro de 2010

Aspartame - FAQ (Anvisa)

Aspartame & Aspartame Poisoning Information

Separating Fact From Fiction about Aspartame
(Aspartame.org)

ASPARTAME CONSUMPTION IS NEVER SAFE

Agosto de 2002

Aspartame Consumer Safety Network

ASPARTAME CONSUMPTION IS NEVER SAFE

Aspartame is NOT safe

Aspartame Victims Support Group

Información del Aspartame en Español

Entre as páginas condenando o aspartame há uma que também trata de medicina holística, medicina ayuvérdica (!) e florais.

O Aspartame foi criado em 1965 pela empresa norte-americana Monsanto e aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos em 1981.

Nos últimos tempos, a Monsanto tem aparecido bastante na mídia principalmente em razão da soja transgênica por ela criada e pelo fato de ela ser a líder no segmento de herbicidas. Duas matérias muito discutidas por ambientalistas de todo mundo: herbicidas e plantas genéticamente modificadas, especialmente a soja, a batata, o milho e o algodão. Produtos essenciais. Bons ingredientes para muita discussão.

E tem mais: a empresa criadora do Aspartame também criou o tristemente famoso agente laranja, desfoliante bastante usado na guerra do Vietnã cujos efeitos ainda hoje são percebidos nas terras e nos habitantes daquela região e também em ex-combatentes norte-americanos. Ser responsável pelo agente laranja é uma boa credencial, é um passado respeitável? Depende do ponto de vista. Uma visão humanista o reprova. O general William Westmoreland certamente tinha um grande apreço por ele, pelo agente laranja.

(Em abril de 2000 foi criada a Pharmacia Corporation resultado da fusão das empresas Pharmacia & Upjohn e a Monsanto Company. Em julho de 2002, a Pfizer, maior empresa mundial do setor farmacêutico, comprou a Pharmacia.)

O texto original vem percorrendo a Internet há alguns anos e tem a autoria atribuída a Nancy Markle, mas teria sido redigido na verdade por Betty Martini em 1995 ou 1996. Betty Martini, de profissão indefinida (teria trabalhado na área de saúde), criou uma organização chamada Mission Possible International.

Logo na página de abertura desse site aparece a proposta da organização:

I sell nothing... and I have no vested interest in ANY sweetener. I PROMOTE the same common sense suggestion that allowed ME to get "mostly" well:

"If one has medical problems that their doctors cannot seem to cure (or they are too young to have old-age related problems) *AND* they consume products laced with Aspartame, then try the FREE at-home 60-day NO- Aspartame self-test... and simply observe the results".

If YOU are a victim of Aspartame poisoning... I hope you read enough of the following 500+ pages to help YOU get better... and if you do, TELL OTHERS AND HELP US GET NUTRACRAP OFF THE MARKET!

Aí está implícita a idéia do conteúdo do site: o Aspartame é a causa, senão de todos, pelo menos de um grande número de males da humanidade. E mais: se a saúde vai mal, o médico não apresenta o diagnóstico e se a cura não vem, então faça o teste definitivo: não use o Aspartame durante 60 dias e observe os resultados.

Pergunta-se: a doença, qualquer que ela seja, será curada?

Esse texto foi substituído por outro bem mais expressivo:

What is Mission Possible?

Mission Possible is an Atlanta, Georgia based organization founded and run by Mrs. Betty Martini. Since 1993 Betty has worked ceaselessly to spread the word that aspartame is a toxic poison unfit for human consumption... a slow neurotoxin that is especially bad for diabetics.


O que é Missão Possível?

Missão Possível é uma organização sediada em Atlanta, Geórgia (USA) fundada e dirigida por Betty Martini. Desde 1993, Betty vem trabalhando incessantemente para divulgar para o mundo que o aspartame é um veneno tóxico inadequado para o consumo humano ... uma neurotoxina especialmente má para os diabéticos.

Não usar o Aspartame significa não tomar refrigerantes diet e deixar de usar um sem número de outros produtos desde chicletes e adoçantes a alguns medicamentos. Para que o aviso pudesse ser seguido, o site deveria ser mais específico, como costumam dizer os gringos, e relacionar TODOS os produtos que contêm essa droga. O número de produtos contendo o aspartame varia de 3.000 a 9.000 (V. http://www.cybernaute.com /earthconcert2000/ AspartameDayFr.htm)

Nessa lista encontram-se os refrigerantes diet da Coca Cola e da Pepsi Cola e mais os adoçantes NutraSweet, Finn, ZeroCal, Equal. Seria uma lista bastante longa que os autores da página deixaram de apresentar.

Dá pra viver sem os produtos que contêm essa droga? Certamente.

Na mensagem divulgada, o Aspartame seria a causa de muitos problemas de saúde. Por exemplo:

esclerose múltipla e lúpus sistêmico,
acidose metabólica,
problemas de visão,
audiência (acho que talvez seja audição :),
tinnitus (zumbido no ouvido),
dificuldades de andar
...as pessoas estavam ficando cegas
todos os tipos de problemas neurológicos,
Aspartame muda a química do cérebro
muda os níveis de dopamina no cérebro
Imagine o que acontece com os pacientes que sofrem de Doença de Parkinson?
Também causa malformações fetais,
O Aspartame é especialmente mortal para os diabéticos,
Os médicos acreditam que seus pacientes têm retinopatia, quando de fato, o mal é causado pelo Aspartame.
O Aspartame mantém o açúcar sangüíneo fora de controle, fazendo com que muitos pacientes entrem em coma,
coma,
médicos não conseguem controlar os níveis de glicemia,
perda de memória,
deterioração nos neurônios,
sintomas como fibromialgia,
espasmos,
dores,
formigamento nas pernas,
câimbras,
vertigem,
tontura,
dor de cabeça,
zumbido no ouvido,
dores articulares,
depressão,
ataques de ansiedade,
fala atrapalhada,
visão borrada ou perda de memória
uma praga de doenças neurológicas,
pacientes diabéticos apresentaram perda de memória, confusão, e severa perda de visão
psicose maníaco depressiva,
ataque de pânico,
fúria e violência
Os ingredientes estimulam os neurônios até a morte causando dano cerebral em vários níveis
o envenenamento pelo Aspartame está relacionado à doença de Alzheimer

No artigo O perigo dos adoçantes artificiais Aspartame: o veneno dos anos 90 apresenta-se a lista de alguns dos males provocados pelo Aspartame, a talidomida dos anos 90, segundo os autores. Muitos males para uma só causa? (Faltaram a espinhela caída e o nó na tripa gaiteira :)

Será que o bom senso ou um senso crítico mais apurado dá para acreditar em uma só causa para tantos e diversos efeitos nocivos? Pouca coisa escapou nessa lista de doenças.

Uma leitura mais atenta da mensagem e do conteúdo dos sítios que fazem essa cruzada contra o Aspartame levanta algumas questões. Uma delas:

Por que médicos e cientistas de instituições sérias permitem que se continue a perpetrar tão hediondo crime contra a humanidade? Uma resposta: são incompetentes e insensíveis. Pergunta-se: todos eles?

Outra resposta: todos eles teriam sido comprados pelos lobbies da indústria química e farmacêutica. É o que sugere um dos sites. Las antesalas de la industria farmacéutica y química tienen grandes bolsillos. (The drug and chemical lobbies have very deep pockets.)

A linguagem usada pelos cruzados contra o Aspartame tem um ranço de histeria. Enquanto um cientista responsável afirma que "...há (ou não há) provas de que a atribuição de um certo valor a uma variável é capaz de produzir um certo efeito..." ou "...em x casos observados ocorreram tantas reações de tal tipo..." a mensagem afirma categoricamente que todos os males citados foram causados pelo Aspartame. E mais: em nenhum momento ela diz quantos casos foram observados.

As pesquisas sobre o uso de novas substâncias em seres humanos segue uma rotina bastante severa. Muitos casos são observados. Além disso, é muito difícil ocorrer que os efeitos de uma droga sejam absolutamente iguais em todas as pessoas submetidas aos experimentos. Pessoas diferentes reagem diferentemente. O que é importante é verificar se um percentual significativo dos pacientes sob observação apresenta determinadas reações e se essas reações estão diretamente relacionadas a determinados fatores.

Não se pode cair no exagero oposto e afirmar que os donos e executivos dos grandes (médios e pequenos) laboratórios sejam, todos eles, anjos descuidadamente ou providencialmente caídos do céu. Existem ganância, descaso e erros? Certamente. Basta lembrar o caso da talidomida amplamente receitada a gestantes na década de 50 e que produziu efeitos teratogênicos. São muitas as pessoas, em todo o mundo, que sofreram e ainda sofrem as conseqüências dela.

Aqui no Brasil, investigações realizadas no ano de 1999 localizaram laboratórios que vendiam remédios falsificados. Pergunta-se: quais as consequências? Para os que tomaram os remédios falsificados foram as piores. Em alguns casos, houve mortes; em outros, agravamento do quadro clínico. (Pra não falar das farinhas...) E para quem falsificou os medicamentos, quais as conseqüências? Pergunte aos governantes. Eles sabem. Na verdade, todos sabemos.

No site brasileiro da NutraSweet, a empresa apresenta o artigo "Fatos e ficção: Desfazendo os mitos sobre NutraSweet na Internet". (Página indisponível no momento da revisão deste artigo.).

A Dozen Straight Answers About Aspartame Safety é o título de artigo contido no sítio da NutraSweet americana. Nele, apresentam-se perguntas e respostas referentes ao uso e a possíveis doenças causadas pelo Aspartame. O texto contém referências a outros artigos, anais de congressos, sítios e livros. As instituições mencionadas têm credibilidade no meio científico.

Material suspeito e parcial, dirão os adeptos da cruzada anti-aspartame.

No sítio Dorway.com existem artigos assegurando os malefícios do Aspartame: ele é o grande vilão sempre à espreita para liquidar os seus consumidores. Todos os links da página remetem ao próprio site da Dorway.com. Suspeito e parcial? (Diz também que a FDA relacionou 92 sintomas, inclusive a morte. É estranho a morte apresentar-se como um sintoma, mas....)

Como existe a possibilidade real de pessoas mais susceptíveis ao Aspartame apresentarem reações adversas, não se pode afirmar que o conteúdo da mensagem é totalmente falso. É uma "meia lenda"? Pode ser.

É bom destacar, portanto, que não é improvável nem impossível que o Aspartame possa causar males ou exacerbar quadros de saúde em pessoas sensíveis, por exemplo, à Fenilalanina.

Um de nossos colaboradores relata o caso dele: o consumo de refrigerante contendo o Aspartame em sua composição lhe trouxe sérios problemas de saúde. Ao suspender o consumo do refrigerante, os problemas se foram "...como num passe de mágica..." diz ele.

O seu médico assistente afirmou "... que o Aspartame contém uma enzima que alguns organismos não metabolizam e, nesses casos, essa enzima se agrega ao sistema nervoso e provoca distúrbios neurológicos."

Portanto, é perfeitamente possível a ocorrência de sérios problemas de saúde, conseqüência do consumo dessa droga, em pessoas sensíveis aos seus componentes.

Isto significa que todo o conteúdo da mensagem e dos sítios anti-aspartame sejam todos eles verdadeiros? Não. É tudo mentira? Certamente há casos reais misturados à histeria. Como separar um do outro? Consulte o seu médico. Ninguém melhor do que ele para orientar e tirar todas as dúvidas.

Você não pode consumir o açúcar? Você tem dúvida quanto às possíveis conseqüências que o Aspartame trará ao seu organismo? Consulte o seu médico. O seu médico recomendou um adoçante com o Aspartame? Sua dúvida persiste? Considere a possibilidade de consultar outro médico.

De qualquer forma, o teor da mensagem, a forma como ela é redigida, o apelo característico das lendas levam à suspeição: é uma lenda? É uma meia lenda, repetimos.

Ela mistura possibilidades reais com histeria.

Todo o conteúdo dela é falso? Possivelmente não.

Todo o conteúdo é verdadeiro? Possivelmente não.

Como separar o que é falso do verdadeiro?

Não se deve esquecer de fazer uma pergunta bem simples: como é possível um só produto causar tantas doenças e tantos males e continuar a ser vendido e ingerido por tanta gente em todo o mundo? Antes que me lembrem que estamos no Brasil e que aqui nem sempre as questões ligadas à saúde pública são levadas muito a sério, faço mais uma pergunta: e no resto do mundo?

Há um trecho curioso na mensagem:

. "...Formaldeído é do mesmo grupo das drogas como cianeto e arsênico - Venenos mortais! Infelizmente, leva muito tempo para matar..."

O que a autora pretende dizer com essa palavra Infelizmente? Ela preferia uma morte rápida?

Outra coisa: em Uganda, a indústria do açúcar estaria adicionando Aspartame ao açúcar, diz a mensagem. A informação teria sido fornecida pelo próprio embaixador de Uganda. Embaixador em que país? Qual o nome dele? Qual a quantidade adicionada ao açúcar? Dá pra fazer uma comparação entre o preço do açúcar e o preço do Aspartame?

Pra encerrar: não é improvável que alguns usuários do Aspartame tenham contraído uma ou mais das doenças mencionadas na mensagem. Também não é improvável que não usuários dessa droga tenham contraído uma ou mais das doenças mencionadas na mensagem.

A ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária traz em de suas páginas uma coleção de perguntas e respostas sobre o uso do Aspartame. A primeira pergunta é O aspartame é seguro? A resposta é sim.

Outra pergunta: Quem não deve consumir o aspartame?

Continua >

KFC
Amazônia

Mensagens que tratam de assuntos relacionados com a saúde

Sempre que se tratar de assunto relacionado com a saúde, sua ou de sua família, não vá na conversa de spammer nem de mensagem sem a origem e a autoria conhecidas. Procure o seu médico. Ele vai dar a orientação adequada.

- Ímãs decorativos na geladeira, ímans no frigorífico: causam câncer?
- Sutiã causa câncer de mama: pseudociência ou enganação?
- Penis captivus
- Achatina fulica, os caramujos africanos: ameaça ou oportunidade?
- Suco de limão com bicarbonato de sódio cura o câncer?
- Água de microondas faz mal às plantas e às pessoas?
- Patrícia Pillar está com com câncer nos ossos?
- Um peixe chamado panga: o Pangasius hypophthalmus. Perigo para a saúde?
- Lentes de contato: calor pode provocar cegueira?
- AVC - Acidente vascular cerebral, derrame: novo sinal? Ponha a língua pra fora
- Farinha de trigo no tratamento de queimadura ?
- A morte de Nicole Dishuk
- Prata: esvaindo sua energia vital?
- Paracetamol: veneno indicado pelo Ministério da Saúde?
- Carambola mata?!
- Pedido de ajuda para criança com Epidermólise Bolhosa Distrófica Recessiva: Amanda ou Raissa?
- Yasmin: anticoncepcional perigoso?
- Acidente vascular cerebral - AVC. A agulha que salva?
- Clara de ovo no tratamento de queimadura
- Bicarbonato de sódio cura o câncer? A fraude do doutor Tullio Simoncini
- Ar condicionado no carro causa câncer?
- Motivos para não tomar a vacina contra a gripe H1N1
- Dia Nacional de Combate e Prevenção ao Escalpelamento: 28 de agosto
- Evite sandálias havaianas chinesas
- Camarão e vitamina C: mistura mortal?
- Evite comer asa de frango: ela contém hormônio
- UNIMED atesta que recipientes plásticos no forno de microondas liberam dioxinas cancerígenas?
- Activia™: verdades e mentiras sobre o iogurte
- Tratamento alternativo: como matar o câncer
- Gripe H1N1: conversa em chat cita Unimed e é boato alarmista
- Chineses usam preservativos na fabricação de elástico para cabelo?
- Cuidado com o feijão
- Própolis contra a dengue
- Vinagre contra dengue
- Utilidade pública: Red Bull dá asas para o além?
- Infarto cerebral, derrame, acidente vascular cerebral
- Coca Cola e Mentos: mistura explosiva?
- Alerta geral. Fanta Uva
- A doença de Paget
- Batom com chumbo dá câncer
- Litoral paulista em alerta.
- A proibição da fenilpropanolamina
- Alerta às mulheres: absorventes íntimos
- Chá de graviola combate o câncer
- Como sobreviver a um ataque cardíaco
- Chá de cravo de defunto no combate à dengue
- Misturar refrigerante cola com limão faz mal à saúde
- Kuat: o guaraná que causa câncer
- Sobram córneas no Hospital de Sorocaba
- Dolly: o guaraná que causa câncer
- Aspartame
- Recipientes plásticos no forno de microondas liberam dioxinas?
- LSS no xampu causa câncer
- Desodorante antiperspirante é a principal causa de câncer de mama

Veja também: Alerta aos consumidores para a venda de medicamentos pela internet (ANVISA)



Siga pulhas virtuais no Twitter

Serviço
Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos
Netiqueta
Teclas de atalho do Mozilla

Dicas
Arquitetando
Coelhos e coelhinhos
Deixando Rastros
Guia do rock!
Refletindo


 


Antispam   Arquitetura on-line   Barcos à venda   Bandeiras dos estados brasileiros   Brasões dos estados do Brasil   Campo Formoso Gem Show   Campo Formoso, terra de esmeraldas   Carnaval de Olinda   Jóias em prata   Imagens do Brasil   Lendas e folclore da Internet, as pulhas virtuais   Minerais   Pedras preciosas   Vídeos   Sisal   Home
Todos os Direitos Reservados. Copyright Gevilacio Aguiar Coelho de Moura © 1999 - 2014. Quatrocantos.com, Quatrocantos.net.br. Reprodução permitida desde que informado o endereço (URL) desta página. As lendas, os boatos, os falsos vírus, golpes e histórias semelhantes são aqui divulgados da forma como chegam às nossas caixas de correio e não somos responsáveis pelo seu conteúdo nem tampouco por eventuais consequências da divulgação ou do seu uso indevidos. Ajude a manter a Internet livre de spam, de boatos e de golpes: envie o URL desta página para quem enviou mensagem contendo a lenda aqui mencionada.