Quatrocantos.com
Recife Rock!

Pesquisa em Quatrocantos.com


Lendas e folclore da Internet. As pulhas virtuais

Desvendando lendas, hoaxes e mitos da Internet desde 1999. Lendas urbanas, pulhas virtuais, boatos, desinformação, teorias conspiratórias, mentiras, vírus, cavalos de tróia, golpes e muitas outras coisas que vagam pela Internet.

Índice alfabético
Índice cronológico

Avise amigo/a:
17

Mais lendas

Identificação de pulhas
Lendas urbanas -1
Pulhas virtuais -1
Vírus de e-mail

Anedotas
Animais
Astros
Auto-ajuda
BBB com vírus
Cartas da Nigéria
Cavalos de tróia

Desastres
Dia Nacional
Drogas
Empresas
Falsos prêmios
Falsos vírus
Filhotes
Fotos & vídeos

Golpes
Golpe do emprego
(job scam)
Golpe do namoro
(romance scam)
Lendas & empresas
Lendas urbanas
Loterias fajutas

Marketing viral
Meias-verdades
Microondas
Nostradamus

Pequenos golpes, grandes pilantras
Política & desinformação
Pulhas virtuais
Receita Federal
Reenvio
Religiões

Saúde
Sobrenatural
Telefone celular
Teorias conspiratórias
Trojans & golpes
Verdades
Vídeos & fotos


Câncer de mama

Lenda

Desodorante antiperspirante é a principal causa de câncer de mama

Primeira parte    Segunda parte >>

Essa mensagem sobre o desodorante antiperspirante que causaria câncer de mama surgiu nos Estados Unidos em maio de 1999 e provocou vários desmentidos por lá. A American Cancer Society - ACS foi uma das entidades a afirmar que tudo não passava de um falso alarme. No site da ACS encontra-se análise da mensagem.

A afirmação essencial da mensagem distribuída é imediatamente rechaçada:

A causa principal de câncer de seio é o uso de antiperspirante.

Segundo a ACS, isso não é verdade. E mais: não existe qualquer correlação entre o uso de desodorante antiperspirante e a ocorrência de câncer de mama.

Outra afirmação falsa:

Quase todos tumores de câncer de seio acontecem no quadrante superior da área do peito. É justamente onde os nódulos linfáticos estão localizados.

A ACS diz que câncer nessa região acontece em cerca da metade dos casos e não tem nada a ver com a presença dos nódulos linfáticos.

Tem mais. Segundo o falso alerta,

...os homens têm menos probabilidade (mas não são completamente isentos) de desenvolver câncer de seio devido ao uso de antiperspirante porque a maior parte do produto fica nos pelos e não é diretamente aplicado a pele.

Imagino que se isso fosse verdadeiro já se teria chegado, se não a uma solução para o grave problema, pelo menos a um paliativo, uma solução de emergência enquanto não se obtém a cura completa dessa doença.

Qual o paliativo? Péssimo, em minha modesta opinião (IMHO ;). As mulheres deixariam os pelos das axilas crescer, continuariam a usar o desodorante antiperspirante e, dessa forma, estariam mais imunes a esse mal. Mais imunes e menos cheirosas, talvez, em virtude de o desodorante ficar nos pelos e não na pele. Mas é bom lembrar que, em algumas culturas, em alguns países, as mulheres não se depilam e nem por isso a incidência do mal entre elas é menor. (Há quem aprecie o gênero. Os pelos crescidos.)

Se isso fosse verdade, então o desodorante usados pelos homens não estariam onde deveriam estar - na pele da axila - para produzir o esperado efeito e eles seriam bem mais fedorentos...:)

Pergunta-se: qual a incidência de câncer de mama em nadadores que se depilam totalmente, inclusive nas axilas?

Seria ótimo se os grandes problemas da humanidade tivessem soluções tão simples!

Debbie Saslow, diretor da ACS finaliza:

"Infelizmente, os principais fatores de risco de câncer de mama são coisas que a mulher nada pode fazer a respeito para impedi-los. São eles: ser mulher, envelhecer e possuir história de câncer de mama na família.

"O melhor que as mulheres podem fazer é realizar anualmente os exames de mamografia. Isso não previne nem impede a ocorrência, mas possibilita a detecção do mal em seus primeiros estágios, quando é mais fácil tratar." (Citado em Ingredient Fact Sheet: Buffered Aluminum Sulfate )

É bem provável que um percentual bastante significativo das mulheres com essa doença usem ou tenham usado desodorante antiperspirante. Do ponto de vista científico, isso nada significa. É o mesmo que estabelecer uma correlação entre afogamentos na praia e o consumo de sorvetes e atribuir ao sorvete a causa dos afogamentos.

Essa lenda é mais uma daquelas que exploram a credulidade das pessoas. Ela se apoia no temor das pessoas em contrair uma doença grave e sem cura quando em estágios mais avançados. (Há pessoas que sequer pronunciam o nome da doença. Para referir-se a ela, dizem "cê-a".)

Quando alguém passa adiante uma mensagem dessa natureza ela acredita estar fazendo um grande bem. Ela espalha uma inverdade.

 

E a doutora Katrina Scott existe?

A dona Katrina Scott, suposta autora da mensagem original, não existe. Se você fizer uma pesquisa nos principais sistemas de busca norte-americanos (Altavista, Yahoo, Excite, Hotbot, Fast AllTheWeb) não vai encontrar nada sobre ela. Pergunta-se: como é possível que uma criatura que fez uma "descoberta tão importante" não apareça na web nem tampouco seja citada pelos seus pares?

Perdão, ela aparece. Mas sempre vinculada à tal mensagem. Um dos sites em que ela aparece é especializado em cromoterapia, terapia vibracional, aromaterapia, "Chakra Therapy" (como se traduz?), tarôs e oráculos. A mensagem da Katrina encontra-se aí e com uma curiosa observação: copyright by Katrina Scott. ALL RIGHTS RESERVED.

Quem pesquisar o nome Katrina Scott no Google, por exemplo, vai receber mais de 470 respostas. Uma delas remete ao sítio Katrina Scott’s Journal May 8, 1615. Pela data, dá pra perceber que não é a mesma pessoa. Outras respostas remetem a fotos de casamento e mais dezenas de scotts.

Ainda que Katrina Scott existisse ela se apresenta como Diretora Assistente de Marketing De Esporte da Universidade de Maryland. Qual a autoridade científica ou conhecimentos médicos que uma assistente de marketing de esportes possui para tratar de um assunto tão especializado? Se as pessoas que traduziram ou passaram a mensagem adiante tivessem feito a si próprias essa pergunta talvez não a tivessem encaminhado.

1 2>>
Clonagem
Leptospirose

 

Mensagens que tratam de assuntos relacionados com a saúde

Sempre que se tratar de assunto relacionado com a saúde, sua ou de sua família, não vá na conversa de spammer nem de mensagem sem a origem e a autoria conhecidas. Procure o seu médico. Ele vai dar a orientação adequada.

- Ímãs decorativos na geladeira, ímans no frigorífico: causam câncer?
- Sutiã causa câncer de mama: pseudociência ou enganação?
- Penis captivus
- Achatina fulica, os caramujos africanos: ameaça ou oportunidade?
- Suco de limão com bicarbonato de sódio cura o câncer?
- Água de microondas faz mal às plantas e às pessoas?
- Patrícia Pillar está com com câncer nos ossos?
- Um peixe chamado panga: o Pangasius hypophthalmus. Perigo para a saúde?
- Lentes de contato: calor pode provocar cegueira?
- AVC - Acidente vascular cerebral, derrame: novo sinal? Ponha a língua pra fora
- Farinha de trigo no tratamento de queimadura ?
- A morte de Nicole Dishuk
- Prata: esvaindo sua energia vital?
- Paracetamol: veneno indicado pelo Ministério da Saúde?
- Carambola mata?!
- Pedido de ajuda para criança com Epidermólise Bolhosa Distrófica Recessiva: Amanda ou Raissa?
- Yasmin: anticoncepcional perigoso?
- Acidente vascular cerebral - AVC. A agulha que salva?
- Clara de ovo no tratamento de queimadura
- Bicarbonato de sódio cura o câncer? A fraude do doutor Tullio Simoncini
- Ar condicionado no carro causa câncer?
- Motivos para não tomar a vacina contra a gripe H1N1
- Dia Nacional de Combate e Prevenção ao Escalpelamento: 28 de agosto
- Evite sandálias havaianas chinesas
- Camarão e vitamina C: mistura mortal?
- Evite comer asa de frango: ela contém hormônio
- UNIMED atesta que recipientes plásticos no forno de microondas liberam dioxinas cancerígenas?
- Activia™: verdades e mentiras sobre o iogurte
- Tratamento alternativo: como matar o câncer
- Gripe H1N1: conversa em chat cita Unimed e é boato alarmista
- Chineses usam preservativos na fabricação de elástico para cabelo?
- Cuidado com o feijão
- Própolis contra a dengue
- Vinagre contra dengue
- Utilidade pública: Red Bull dá asas para o além?
- Infarto cerebral, derrame, acidente vascular cerebral
- Coca Cola e Mentos: mistura explosiva?
- Alerta geral. Fanta Uva
- A doença de Paget
- Batom com chumbo dá câncer
- Litoral paulista em alerta.
- A proibição da fenilpropanolamina
- Alerta às mulheres: absorventes íntimos
- Chá de graviola combate o câncer
- Como sobreviver a um ataque cardíaco
- Chá de cravo de defunto no combate à dengue
- Misturar refrigerante cola com limão faz mal à saúde
- Kuat: o guaraná que causa câncer
- Sobram córneas no Hospital de Sorocaba
- Dolly: o guaraná que causa câncer
- Aspartame
- Recipientes plásticos no forno de microondas liberam dioxinas?
- LSS no xampu causa câncer
- Desodorante antiperspirante é a principal causa de câncer de mama

Veja também: Alerta aos consumidores para a venda de medicamentos pela internet (ANVISA)



Siga pulhas virtuais no Twitter

Serviço
Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos
Netiqueta
Teclas de atalho do Mozilla

Dicas
Arquitetando
Coelhos e coelhinhos
Deixando Rastros
Guia do rock!
Refletindo


 


Antispam   Arquitetura on-line   Barcos à venda   Bandeiras dos estados brasileiros   Brasões dos estados do Brasil   Campo Formoso Gem Show   Campo Formoso, terra de esmeraldas   Carnaval de Olinda   Jóias em prata   Imagens do Brasil   Lendas e folclore da Internet, as pulhas virtuais   Minerais   Pedras preciosas   Vídeos   Sisal   Home
Todos os Direitos Reservados. Copyright Gevilacio Aguiar Coelho de Moura © 1999 - 2014. Quatrocantos.com, Quatrocantos.net.br. Reprodução permitida desde que informado o endereço (URL) desta página. As lendas, os boatos, os falsos vírus, golpes e histórias semelhantes são aqui divulgados da forma como chegam às nossas caixas de correio e não somos responsáveis pelo seu conteúdo nem tampouco por eventuais consequências da divulgação ou do seu uso indevidos. Ajude a manter a Internet livre de spam, de boatos e de golpes: envie o URL desta página para quem enviou mensagem contendo a lenda aqui mencionada.